Waterloo – A Napoleonic experience

An excellent Napoleonic game played with the rules of the extinct Warhammer Historical: Waterloo – Tabletop Wargaming in the Age of Napoleon.

Maybe not the election rules to the must Napoleonic gamers, but they are simple and fun, that for me is the must important rule.

We have the Wellington Anglo-portuguese in one side and the Marshall Ney in the other, 1500 points for each side.

To be fair this time the gods dices have a pact with the french boys, 12 (6) in 28 dice rolls? And what we can say when in 2 turns all the Anglo-portuguese center is broken with rolls like 4 when they need a 5 in 2D6? They make that in 3 times, incredible.

At the end we have a very good gaming night with a lot of fun.

part of deploy

Scots Grey

French 3º de Hussards

Dragons and Artillary

A very heavy clash!

March to glory!

Aux armes citoyens,

Isenburg Light Reg

Marchon! Marchon!

The thin red line

No more Thin red line

Allons enfants de la Patrie!

Waterloo – Uma experiência Napoleónica

Um excelente jogo do período napoleonico com as regras da extinta Warhammer Historical: Waterloo – Tabletop Wargaming in the Age of Napoleon.

Poderão ser regras polémicas para os mais puristas, mas são de facto simples e proporcionam jogos do mais divertido possível e afinal não é mesmo isso que se pretende?

Tivemos a coligação anglo-portuguesa de Wellington contra os franceses liderados pelo Marechal Ney, 1500 pts para cada lado

Para ser justo temos de dizer que desta vez os dados foram lançados e os deuses foram franceses. 12 (6) em 28 dados? Só mesmo o Miguel Lopes, para não falar do modo como em 2 turnos o centro inglês quebrou com lançamentos em que rolou sempre abaixo de 4 em 2D6, quando um 5 era suficiente.

No final ficou a convicção que temos umas excelentes regras para de um modo descontraído passar uma noite de jogatana muito agradável.

parte do deploy

Scots Grey

O 3º de Hussardos francês

Dragões e Artilharia

Um embate pesado!

Marchando para a glória

Aux armes citoyens,

Isenburg Light Reg

Marchon! Marchon!

The thin red line

No more Thin red line

Allons enfants de la Patrie!

Empire of the Dead – The begining (3)

A new adventure on the pursuit of Professor Moriarty, this time in the small Suisse village of Spa Bretzelburg. We have two new bands The new Cowgirls Dark Fire club, and the English Gentlemen with Sherlock and Watson on the lead.

Objective: Take the Professor alive and try not be shooting by her loyal friends and the fears Bretzelburg polizei. Try not wound the peaceful civilians please.

In the final the professor is capture by the Lincoln Boys, but her fellowship have a big science lab in Egypt and make a promise – revenge the capture of their leader. Next game travel to Egypt

A part of the table

Bretzelburg

Prof. Moriarty

New Dark Fire Club

Lincoln Boys

“Little” Alexandra of Timissoara

Whem the game looks like OK Corral

Protect the rail station the last escape point.

Empire of the Dead – O inicio (3)

Progredindo na nossa aventura na perseguição do professor Moriarty, desta vez na pequena localidade suiça de Spa Bretzelburg. Desta vez os vampiros de pequena Alexandra, os Lincoln boy´s e o terríveis Dark Fire club tiveram a ajuda de 2 novos grupos um de Cowgirls muito más e perversas e os mais pacatos Inglish gentlemen com Sherlock e Holmes a liderar.

Objectivo: capturar o professor evitando os seus lacaios e a temível polícia de Bretzelburg. Tentar não matar os pacatos cívis que passeiam pela vila sem saber exactamente o que acontece nas montanhas e florestas circundantes.

O Professor acabou por ser capturado pelos rapazes da América, mas os seu s seguidores com um laboratório no Egipto prometem vingança.

Próximo e último capitulo, Egipto!


Parte do cenário

Bretzelburg

Prof. Moriarty

New Dark Fire Club

Lincoln Boys

A pequena Alexandra de Timissoara

Quando o jogo parecia o OK Corral.

Protegendo a estação único ponto de fuga.